Omkareshwar

Omkareshwar, Índia

Comissionamento turnkey em tempo recorde

Apenas 48 meses - foi nesse curto prazo que os colaboradores e engenheiros da Voith construíram uma usina hidrelétrica na Índia com uma capacidade total de 520 megawatts. O recorde estabelecido por este projeto foi elogiado pela presidente da Índia.

É muito raro ver tradições milenares e a tecnologia inovadora se aproximarem uma da outra tanto quanto na província central de Omkareshwar, na Índia. Aqui está localizado um dos doze templos de Shiva mais importantes para os 1,2 bilhões de habitantes do país. A apenas um quilômetro a jusante desse templo está localizada uma usina hidrelétrica com tecnologia de ponta, responsável pelo fornecimento de eletricidade para mais de 500 cidades vizinhas, bem como para o estado de Madhya Pradesh.

Eletricidade a partir da energia hidráulica

Na Índia, a energia ainda é um bem valioso. Antes da usina hidrelétrica de Omkareshwar, localizada no rio Narmada, as populações por vezes tinham acesso a apenas 15 minutos de eletricidade por dia. No entanto, desde que a usina foi conectada à rede, o suprimento de energia foi assegurado de forma contínua.  Além disso, o gerente de projeto da usina,Werner Kellner, relata que: "A usina hidrelétrica em Omkareshwar produz energia ao mesmo tempo em que fomenta o uso da água para a agricultura de modo especialmente rentável e sustentável. A quantidade de peixes aumentou e as terras cultivadas agora são regadas por meio de um sistema que foi construído. Dessa forma, o suprimento de alimentos da população local melhorou consideravelmente."

Energia hidrelétrica na Índia

Estima-se o potencial hidrelétrico total da Índia em 150.000 megawatt-hora. Até o presente, apenas um quarto dessa energia foi explorado. O objetivo do governo indiano no médio prazo é aumentar a porcentagem de energia hidrelétrica na atual matriz de energia de 25% para 40%.

Automação e mecânica de uma só fonte

Em Omkareshwar, a Voith instalou oito turbinas Francis, cada qual com seus respectivos geradores síncronos e unidades de excitação, sistemas de controle e de monitoramento, barras coletoras e sistemas auxiliares. Cada unidade tem uma potência de 65 megawatts. Além disso, foi instalado um sistema de automação completo da série "HyCon". Trata-se de um produto específico para hidrelétricas desenvolvido pela Voith que oferece funcionalidades especiais para o controle de usinas hidrelétricas. "A Voith desenvolveu e construiu muitas máquinas deste tipo", afirma Ralf Wiese, o gerente de projeto do sistema de automação de Omkareshwar. "Nossos engenheiros são experientes e têm a capacidade de desenvolver e instalar soluções feitas sob medida para cada usina hidrelétrica."

O sistema turnkey completo da Voith

Em Omkareshwar, a Voith atuou como parceiro de consórcio da Jaiprakash, que ficou responsável pelos sistemas estruturais e pelos equipamentos hidromecânicos da usina. Já a Voith projetou, forneceu e instalou todos os sistemas auxiliares mecânicos e elétricos da usina. E tudo isto num tempo recorde! Na Índia, os padrões de tempo são diferentes, uma vez que as estradas não são pavimentadas e a infra-estrutura é pouco desenvolvida. "O que costuma acontecer na Índia até hoje é que a fase de construção das usinas hidrelétricas pode se prolongar por até dez anos", relata Kellner, gerente do projeto. A Voith concluiu o sistema turnkey completo em Omkareshwar em apenas quatro anos graças à excelente cooperação entre as suas unidades de Heidenheim, Delhi e São Paulo.

Trabalho excelente

Em 15 de novembro de 2007, a usina hidrelétrica de Omkareshwar foi conectada à rede dentro do cronograma. A empresa Narmada Hydroelectric Development Corporation Ltd, (NHDC), responsável pela operação da usina, foi publicamente honrada pela conclusão antecipada desta importante usina hidrelétrica. O prêmio do Departamento de Energia indiano foi entregue pessoalmente à empresa pela presidente indiana Pratibha Patil.