Guangzhou

Guangzhou, China

A usina reversível de Guangzhou é a primeira usina reversível de grande porte e de elevada queda da China e, com uma capacidade total de 2.400 MW, é uma das maiores do mundo.

A Voith forneceu quatro unidades reversíveis, com uma potência de 300 MW cada. A primeira unidade foi comissionada em 1998, enquanto que a última unidade foi comissionada em junho de 2000. Devido à sua confiabilidade e estabilidade, os equipamentos fornecidos pela Voith estão em operação há mais de uma década. A Voith também assinou contratos de prestação de serviços técnicos na usina de Guangzhou II para fornecer serviços completos de ciclo de vida. Até o momento, a Voith reformou os pólos - componentes essenciais de geradores - de três unidades em sua oficina de geradores em Xangai.

De junho de 1993 até o final de 2010, a usina reversível de Guangzhou produziu 41 bilhões de kWh de energia e consumiu 52,77 bilhões de kWh de energia para bombeamento, e foi ligada 153.499 vezes, tendo operado durante 350.409 horas. A usina desempenha um papel muito importante em assegurar uma operação segura e econômica da usina nuclear de Daya Bay, bem como na transmissão de energia do oeste para o leste do país, melhorando assim a confiabilidade das redes elétricas tanto de Hong Kong como do sul da China.