Ingula

Ingula, África do Sul

Após 25 anos, Ingula é o primeiro novo projeto de usina hidrelétrica reversível na África do Sul. Até 2013, a Voith fornecerá todo o seu equipamento eletromecânico, incluindo quatro turbinas-bombas de 342 MW de potência cada e seus motores-geradores associados, bem como todo o sistema de controle e automação. Os motores-geradores foram projetados e serão fabricados em Kawasaki, no Japão, e as bombas-turbinas virão de Heidenheim, na Alemanha.

A usina hidrelétrica reversível de Ingula está sendo construída próximo à cidade de Ladysmith, no leste da África do Sul – uma região localizada no coração da geração elétrica do país. A represa de Bedford, que fica nas proximidades do local, servirá de reservatório superior para a usina. Daí será construído um túnel de aproximadamente dois quilômetros de extensão até a casa de força. Da casa de força, outro túnel com cerca de dois quilômetros de comprimento será construído até o reservatório inferior da usina, a represa de Bramhoek.

A partir de 2013, as quatro unidades reversíveis de Ingula contribuirão consideravelmente para a estabilização da rede elétrica. A energia excedente da rede será consumida na operação de bombeamento da usina. Em períodos de maior demanda da rede, a água bombeada para o reservatório superior poderá ser usada para rapidamente gerar as grandes quantidades de eletricidade necessárias para alimentar a rede.