Cataratas do Niágara

Diário do engenheiro da Voith Albert Ungerer

Segunda parte: nas Cataratas do Niágara

Albert Ungerer chegou bem em Nova York. O engenheiro da Voith já teve oportunidade de conhecer a cozinha americana e não ficou muito amigos dos bifes mal passados. Por outro lado, ele mal pode esperar para finalmente chegar às usinas nas Cataratas do Niágara. A Voith pretende fornecer as turbinas para essa imponente instalação. Inicialmente, tudo leva a crer que a empresa de Heidenheim não vencerá a concorrência. Mas a situação muda inesperadamente. O jovem alemão anota no seu diário* as lembranças de sua experiência nas enormes cataratas, que pertencem em parte aos Estados Unidos, em parte ao Canadá.

14 de outubro de 1909 – No lado canadense

Cataratas do Niágara por volta de 1905: a Voith forneceu ao todo doze das maiores turbinas do mundo, na época, para as usinas nas Cataratas do Niágara

Chegamos às Canadian Niagarafalls às dez e meia da manhã. Sigo depois para a Ontario Power Co., onde encontro primeiro Mr. Mitchell, em seguida o senhores Suhr e Converse. Mr. Mitchell me leva para almoçar e depois de volta para a Company, onde explico a Mr. Converse o motivo de minha visita e aproveito para sondar sua opinião a respeito da oitava turbina. Por enquanto, ele ainda se faz de surdo.

18 de outubro de 1909 – Entre concorrentes

No final da tarde, o engenheiro-chefe da Lombard Governor Co. me liga e pede que eu vá ao seu quarto, onde ele está reunido com um de seus engenheiros e os representates de duas empresas americanas concorrentes: Mr. Larner, construtor de pás mecânicas da Wellman- Seaver-Morgan Co., e Mr. Gibbs, da S. Morgan-Smith Co., York. Fico sabendo que Allis-Chalmers e Morris já saíram da concorrência.

19 de outubro de 1909 – O dia da decisão

Dia da decisão! Estamos sentados no Parlor, vendo fotografias e esperando. Às duas e meia, aparece Mr. Heward, me leva para um lado, pede mil desculpas e me diz que Escher ganhou o contrato. A diferença de preço não teria grande importância e mesmo do ponto de vista técnico ele diy ter certeza de que nós forneceríamos máquinas perfeitas, mas os especialistas em financiamento do Bank of Montreal teriam apoiado Escher. Uma derrota dessas é horrível.

20 de outubro de 1909 - Depois da derrota

Passaram-se alguns dias de péssimo humor, (…) agora é esquecer e olhar para a frente! (…) Hoje entreguei uma oferta para três máquinas. Mr. Converse ditou na minha presença a carta dirigida à sua presidência em Buffalo, na qual recomenda que aceitem a oferta. A decisão deve ser tomada somente em cerca de 4 semanas.

29 de outubro de 1909 - No coração das Cataratas do Niágara

Sala de máquinas da Ontario Power: foi essa imagem que Albert Ungerer registrou no seu diário de viagem 100 anos atrás

Eu me despeço dos engenheiros da Ontario Power Co. Fazemos o caminho de volta pelo túnel horizontal e pegamos um elevador, desta vez descendo. Uma corrente de ar quente sobe das profundezas. Um rugido surdo nos envolve – é como se estivéssemos a caminho da misteriosa oficina de um herói de romances de Júlio Verne. Estamos então na galeria de controle e podemos ver a sala de máquinas. Ao nosso lado, as capas nuas dos reguladores brilham, embaixo de nós, o barulho das bombas, e na nossa frente, as máquinas cantam sua canção monótona, enquanto lá fora corre eternamente o senhor das águas, o Niágara.

Uma corrente de ar quente sobe das profundezas. Um rugido surdo nos envolve – é como se estivéssemos a caminho da misteriosa oficina de um herói de romances de Júlio Verne.

Do diário de Albert Ungerer, 29 de outubro de 1909

15 de novembro de 1909 - Final feliz

Ontem tive novamente negociações com Mr. Converse. Pensei muito na coisa e decidi não me deixar blefar pela companhia, só demonstrar boa vontade com pequenos compromissos e facilidades, mas permanecer duro como aço com relação ao preço. Mr. Converse acaba de enviar um telegrama dizendo que encomenda a oitava turbina; pede que eu esteja novamente nas Cataratas do Niágara no domingo (…).

*Nota do autor: Com exceção da introdução, os textos são trechos originais do diário de Albert Ungerer. A ortografia e a gramática não foram alteradas. Partes que não foram reproduzidas estão identificadas com (...).

Mr. Converse acaba de enviar um telegrama dizendo que encomenda a oitava turbina; pede que eu esteja novamente nas Cataratas do Niágara no domingo (…).

Do diário de Albert Ungerer, 15 de novembro de 1909