Produtos

Responsabilidade pelo produto

Com nossos produtos e serviços, queremos criar um valor agregado ecológico e econômico para nossos clientes. Damos especial atenção para a eficiência energética e de recursos, tanto na fase de produção quando na de consumo.

x

Com seu portfólio, a Voith atende a cinco mercados globais: Energia, Petróleo & Gás, Papel, Matérias-primas e também de Transporte e Automotivo. Desenvolvemos soluções para nossos clientes e assumimos a responsabilidade por nossos produtos e serviços. Buscamos alavancar nossa abordagem estratégica através de três pilares:

Nós garantimos qualidade e segurança: O nome Voith está associado a produtos de alta qualidade e seguros, cuja qualidade é assegurada pela gestão de riscos e qualidade.

Cultivamos o diálogo com nossos clientes: Trabalhamos em parceria e há muitos anos com muitos de nossos clientes. A consultoria para uso seguro e racional dos recursos de nossos produtos e o intercâmbio em relação às suas expectativas é componente fundamental de nosso portfólio.

Minimizamos impactos ambientais: Nossos produtos e serviços devem contribuir para a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais - ao longo de toda a cadeia de agregação de valor, e além. Nosso objetivo é criar gerações de produtos cada vez mais eficientes, continuamente.

Leia mais sobre a „Responsabilidade pelo produto“ na Voith no link http://voith.com/br/produtos-e-servicos-93.html e no Relatório de Sustentabilidade 2015.

Potencial de economia de energia para a indústria de papel

Para identificar o potencial de economia de energia e recursos naturais na produção de papel, a empresa Voith Paper está aplicando o método Avaliação de Ciclo de Vida (LCA). Por meio dessa ferramenta, a empresa avalia o impacto ambiental de suas máquinas, beneficiando, assim, seus clientes, pois lhes oferece produtos que emitem volume consideravelmente menor de CO2 e, ao mesmo tempo, reduzem custos.

O LCA examina o impacto ambiental de um produto ao longo de todo o seu ciclo de vida: desde os recursos naturais empregados, passando pela produção e transporte, até seu consumo e descarte. Avaliam-se, por exemplo, a extração de matérias-primas e as emissões. Principalmente as emissões de CO2 ganharam atenção especial nos últimos anos. Definidas como pegadas de carbono, elas revelam a influência de um produto sobre o clima. É crescente a demanda de clientes da Voith Paper por processos de produção poupadores de energia – afinal, o setor é um segmento econômico de uso intensivo de energia.

O LCA revelou-se um processo ousado. Para cada componente, fez-se um inventário completo do peso, composição do material e dos respectivos impactos ambientais. Ao final, resultou um balanço ambiental transparente indicando os potenciais de economia de energia e de recursos naturais. O resultado mostrou que a maior parte das repercussões ambientais se dá na fase de utilização do produto, portanto, durante a produção do papel. Por isso, a principal abordagem de proteção climática consiste em desenvolver tecnologias e produtos para a produção de papel, que poupem energia, tanto para máquinas novas como também para a modernização de equipamentos já existentes.

“O objetivo é otimizar os fluxos externos e internos de material na produção de papel. O planejamento leva em conta fatores como geração de energia, aquisição de matéria-prima e vias de transporte”, explica Ewald Budweiser, Diretor da Divisão de Planejamento de Fábrica. Com isso, a Voith não só incentiva seus clientes a assumirem um compromisso com o meio ambiente e o clima, como também reduz sensivelmente os custos, em face da escalada dos preços de energia.

Nesse sentido, a Voith trabalha também em conjunto com a CEPI, a Confederação da Indústria Papeleira Europeia. Especialistas da Voith colaboraram na elaboração do programa de proteção ao clima lançado pela Confederação em novembro de 2011, extensivo a todo o setor. O “Guia CEPI 2050” apresenta os caminhos para uma redução de 80% das emissões de CO2 no setor até 2050.