Turbina Alden

Um dos aprimoramentos mais recentes da tecnologia voltada à passagem de peixes surgiu com o desenvolvimento de um inovador conceito de rotor de turbina, criado no Alden Research Laboratory. As turbinas Alden apresentam uma menor velocidade de rotação e possuem apenas três pás, de modo a reduzir a taxa de mortalidade dos peixes que se chocam contra as palhetas. A Voith otimizou o projeto final e o testou em seu laboratório hidráulico, em York, na Pensilvânia (EUA).

O modelo das palhetas foi especialmente projetado para tornar menos nocivo o ambiente dos peixes que passam pela turbina, diminuindo o corte, as taxas de variação de pressão e as pressões mínimas durante a passagem da água. Dependendo da espécie, estima-se que as taxas de sobrevivência de peixes poderão atingir de 98% a 100%. Com financiamento da DOE, EPRI e parceiros industriais, o Alden Research Laboratory colaborou com a Voith para aperfeiçoar as características de desempenho da turbina conceitual, mantendo ou aprimorando as características amigáveis a peixes. A parceria também se focou em assegurar a rentabilidade das turbinas, além de objetivar a melhoria das taxas de sobrevivência de peixes.

Vantagens

As principais vantagens incluem uma reduzida probabilidade de choque graças à otimização da quantidade de pás da turbina, das pás diretrizes e das pás fixas, bem como pelo aprimoramento do perfil hidráulico dos componentes e da velocidade de rotação da turbina. A turbina também apresenta geometrias otimizadas à passagem de água com o objetivo de atender aos critérios estabelecidos para a passagem de peixes.