Press-releases

31-05-2012

Voith tem semestre forte e continua crescendo

Portfolio diversificado compensa queda no mercado de papel
  • Volume de negócios cresceu 4 por cento para 2,7 bilhões de euros 
  • Encomendas recebidas abaixo do recorde do ano anterior, como previsto. A carteira de encomendas continua em nível muito alto 
  • Queda na Voith Papier influencia resultado do Grupo negativamente 
  • Presidente da Voith, Lienhard: “A Voith provou mais uma vez sua estabilidade, em um mercado exigente e difícil”

Zur Großansicht

Heidenheim, 31 de maio de 2012. O Grupo Voith fechou satisfatoriamente o primeiro semestre do exercício 2011/2012 (em 31 de março), com o mercado passando por uma fase difícil. A empresa familiar, que atua em todo o mundo, aumentou em 4 por cento o volume de negócios do Grupo em comparação com o recorde alcançado no ano anterior, obtendo 2,7 bilhões de euros. Como esperado, as encomendas recebidas, no valor de
2,6 bilhões de euros, ficaram abaixo do excelente resultado de 3,4 bilhões de euros no ano anterior, obtido também graças a um volume excepcionalmente alto de grandes encomendas na divisão Voith Hydro. Em comparação com o final do exercício anterior, a carteira de encomendas continua praticamente estável, com 5,9 (6,0) bilhões de euros.

“No primeiro semestre do exercício corrente, a Voith provou mais uma vez a estabilidade do seu modelo de negócios, em um mercado exigente e difícil” , declarou o Dr. Hubert Lienhard, Presidente da Diretoria do Grupo. “Graças ao nosso portfolio diversificado e da nossa posição forte no mercado, de um modo geral, estamos em condições de compensar fases mais fracas em determinados setores e mercados”, acrescentou Lienhard.

No período do relatório, todos os mercados sofreram uma grande pressão nos preços e foram marcados por um nervosismo geral, devido a uma série de inseguranças macroeconômicas. Nos primeiros seis meses do exercício corrente, quatro dos cinco mercados atendidos pela Voith – energia, petróleo e gás, matérias-primas e ainda transporte e automotivo – passaram por uma fase de crescimento moderado. Consequentemente, as divisões Voith Hydro, Voith Turbo e Voith Industrial Services continuaram a se desenvolver positivamente – com volumes de negócios em crescimento, destacando-se um aumento de 12 por cento na Voith Hydro.

O mercado de papel, ao contrário, passa por uma fase de profundas mudanças estruturais. Por um lado, a crescente digitalização do cotidiano com aparelhos como o iPad, e a consequente transformação dos hábitos de consumo estão reduzindo a demanda dos chamados papeis gráficos mais rapidamente do que o esperado. Esses papeis são usados, por exemplo, para a impressão de jornais e revistas. Por outro lado, em médio e longo prazo, a demanda de máquinas de papel está crescendo, principalmente na Ásia, em especial no segmento de mercado muito competitivo das máquinas de papel de médio porte. Esse novo segmento caracteriza-se por ums estrutura de preços baixa, um grande e agressivo circuito local de concorrentes e uma pressão de custos sensivelmente maior. A divisão do Grupo reagiu rapidamente a esse desenvolvimento no exercício corrente e decidiu adotar um abrangente programa de reestruturação. O objetivo é preparar a divisão Voith Papier de forma sustentável para permanecer rentável em um mercado de papel com nova estrutura no futuro, procurando manter sua posição de liderança no mercado.

Em razão dessas mudanças, nos primeiros seis meses a divisão Voith Paper não pôde repetir o resultado positivo do ano anterior e sofreu uma leve redução no volume de negócios, uma queda evidente das encomendas recebidas e uma diminuição acentuada do lucro, o que também influenciou negativamente o resultado de todo o Grupo. Apesar disso, com 63 milhões de euros (95 milhões no ano anterior), a Voith conseguiu alcançar um resultado semestral satisfatório, graças aos resultados positivos das outras três divisões do Grupo.

Para sinalizar a capacidade da Voith de manter seu sucesso no futuro e também para reconhecer a importância da localização na Alemanha, o presidente da empresa, Lienhard, comunicou oficialmente, por ocasião da publicação do relatório semestral, que a Voith irá investir cerca de 16 milhões de euros na construção de um centro de formação profissional na sede da empresa familiar, em Heidenheim. O projeto do arquiteto Eberhard Faecke, de Leinfeleden, transmite a ideia de transparência, funcionalidade e inspiração. A construção terá início nas próximas semanas e o centro de formação profissional deverá ser inaugurado até final de 2013.

Para o desenvolvimento no resto do exercício, a Voith está relativamente otimista, apesar das inseguranças conjunturais que persistem e da transformação essencial pela qual o mercado de papel vem passando. Para todo o ano de 2011/12, com exceção da Voith Paper, a previsão é que todas as divisões do Grupo possam aumentar novamente seu volume de negócios e lucro. Com isso, espera-se também um leve aumento do volume de negócios do Grupo. Devido aos efeitos da normalização no mercado hidrelétrico, já anunciados no relatório 2010/2011 - no período do ano anterior, houve uma contratação excepcionalmente numerosa de grandes projetos - e das quedas inesperadamente acentuadas no mercado de papel, as encomendas recebidas devem permanecer também durante todo o ano, como esperado, abaixo do valor elevado do ano anterior.

“O exercício corrente é mais complexo do que o anterior. É difícil fazer previsões considerando a tensão permanente na zona do euro e a desaceleração na Ásia. Apesar disso, comprovamos mais uma vez que podemos reagir a desafios com determinação e rapidez. Nosso portfolio equilibrado nos ajuda a compensar deficiências em determinadas divisões e continuar crescendo mundialmente no nível do Grupo”, afirma o líder da Voith, Lienhard. Partindo do princípio de que as previsões econômicas fundamentais para 2012, principalmente para a zona do euro e a Ásia, continuem válidas, a previsão da empresa é fechar o exercício 2011/12 com um fluxo de caixa operacional positivo, mais um aumento do índice de capital próprio e um resultado mais uma vez claramente positivo.

O relatório intermediário de 31 de março de 2012 pode ser acessado em http://voith.com/br/sala-de-imprensa/relatorios-e-revistas-18929.html.

A Voith define padrões de referência nos mercados de energia, petróleo e gás, papel, matérias-primas, além de transporte e indústria automotiva. Fundada em 1867, a Voith é hoje uma das maiores empresas familiares da Europa, com aproximadamente 40.000 funcionários,um volume de negócios de 5,6 bilhões de euros e subsidiárias em cerca de 50 países.

Press-release (1.50 MB)

Contato

Markus Woehl

Diretor de Assessoria de Imprensa e Relações Públicas