Usinas hidrelétricas reversíveis


Uma usina hidrelétrica, mas também um acumulador de energia

A produção e o consumo da eletricidade nem sempre estão sincronizados. Em países industrializados, assim como em países em desenvolvimento com crescentes demandas de energia, flutuações na rede elétrica ocorrem todos os dias. As usinas hidrelétricas reversíveis são ideais para equilibrar essas frequentes oscilações entre a falta e o excesso de eletricidade.

Confiáveis e rápidas

Ao contrário das usinas termoelétricas, as usinas hidrelétricas reversíveis podem reagir a variações na rede em um espaço de tempo mais curto, produzindo energia elétrica necessária ou mesmo consumindo qualquer excedente. As instalações modernas requerem apenas 30 segundos para iniciar o funcionamento de bombas ou turbinas paradas. Em caso de falhas no sistema elétrico, as usinas hidrelétricas reversíveis são capazes de restabelecer o fornecimento de energia à rede sem fontes externas de energia.

Pioneira em energias renováveis

As maiores potências instaladas em usinas hidrelétricas reversíveis encontram-se nos EUA, China, Japão e Europa Ocidental. Em todo o mundo, cada vez mais países estão recorrendo ao potencial das usinas hidrelétricas reversíveis, uma vez que elas abrem caminho para o aumento da utilização de energias renováveis. As usinas elétricas eólicas e solares estão sujeitas a grandes variações naturais. Elas nem sempre conseguem fornecer energia nos volumes necessários ou no momento desejado. Dessa forma, é importante armazenar a energia excedente para poder disponibilizá-la a qualquer momento. Dentre as tecnologias atuais, apenas uma tem se mostrado capaz de realizar isso de forma economicamente viável e em grande escala: as usinas hidrelétricas reversíveis. Isso significa que sua demanda deverá continuar a crescer no mundo inteiro.

A Voith conta com mais de um século de experiência em usinas hidrelétricas reversíveis, e fornece as usinas mais modernas e eficientes do mundo.

Here you can find a short version of our study about pumped storage plants      

85 por cento de eficiência

As usinas hidrelétricas reversíveis funcionam com níveis de eficiência de até 85 por cento, um nível extremamente rentável.

Em todo o mundo, a Voith já equipou usinas hidrelétricas reversíveis com mais de 400 unidades.

O princípio de funcionamento - simples e engenhoso

O princípio de funcionamento das usinas hidrelétricas reversíveis é ao mesmo tempo simples e engenhoso. Sua característica especial: são acumuladores de energia usinas hidrelétricas em um só empreendimento. Havendo um excedente de energia na rede, a usina hidrelétrica reversível passa para o modo de bombeamento: um motor elétrico aciona as turbinas-bomba, que bombeiam a água de um reservatório inferior para um reservatório superior. Já no caso de um aumento de demanda de energia na rede, a água do reservatório superior é descarregada ao reservatório inferior por meio de um conduto forçado. A água então provoca a rotação das turbinas-bomba, que agora passam a operar em modo de turbina, acionando os geradores. Dentro de alguns segundos, a energia é produzida e injetada na rede.

"As usinas hidrelétricas reversíveis se tornarão mais importantes com a crescente participação das energias renováveis."

 Jürgen Schmid, Instituto Fraunhofer de energia eólica e tecnologia de sistemas energéticos


Referências selecionadas

Bath County, EUA

A Voith modernizou as seis turbinas da usina hidrelétrica reversível de Bath County, na Virginia, tornando-a novamente a maior do mundo. Saiba mais

Guangzhou, China

A Voith equipou uma das usinas hidrelétricas reversíveis mais potentes do mundo com quatro unidades, incluindo turbinas-bombas e motores-geradores. Saiba mais

Limberg II & Kopswerk II, Áustria

As usinas hidrelétricas reversíveis de Kopswerk II e Limberg II na Áustria, às quais a Voith forneceu os seus componentes mais críticos, produzem eletricidade limpa e contribuem para a estabilização da rede elétrica da Europa. Saiba mais

Frades II, Portugal

Equipada com turbinas-bomba de velocidade variável da Voith, este marco da tecnologia reversível promoverá o desenvolvimento das energias renováveis em Portugal. Saiba mais

Tai'An, China

 

Na província chinesa de Shandong, a Voith instalou uma usina hidrelétrica reversível turnkey de grande porte. Saiba mais

Ingula, África do Sul

A Voith forneceu todo o equipamento eletromecânico para esta usina hidrelétrica reversível da África do Sul. A usina será utilizada para estabilização da rede elétrica. Saiba mais

Goldisthal, Alemanha

A Voith equipou esta moderna usina hidrelétrica reversível de grande porte com turbinas-bomba de velocidade variável, além de grande parte dos seus sistemas de automação e controle. Saiba mais

A Voith constrói a primeira usina hidrelétrica reversível da Alemanha

Em 1907, o empreendedor e engenheiro Friedrich Voith, de Heidenheim, adquiriu o Brunnenmühle, um moinho de água localizado nas proximidades de sua fábrica. Lá ele instalou um instituto de pesquisa de turbinas hidráulicas. O moinho está localizado em um vale do rio Brenz. Para atingir as alturas de queda necessárias para os seus experimentos com turbinas, Voith construiu um tanque de armazenamento de água em Schlossberg. Dali, a água corria por tubulações até o Brunnenmühle. Quando o reservatório estava vazio, a água era novamente bombeada de baixo para cima. Com esse instituto de pesquisa no moinho de água, a Voith construiu, quase sem querer, a primeira usina hidrelétrica reversível da Alemanha. Ela foi comissionada em 14 de novembro de 1908.
O Brunnenmühle ainda é utilizado como centro de pesquisa e desenvolvimento da Voith Hydro, tendo sido completamente modernizado em 2008.