Press-releases

16-08-2017

Voith assina contrato para modernização da usina hidrelétrica reversível Ffestiniog, no País de Gales

  • Com valor de aproximadamente € 40 milhões, o contrato abrange as duas primeiras unidades da usina
  • Reforma constitui um importante compromisso ao desenvolvimento da infraestrutura galesa
  • Solução técnica convincente da Voith

Zur Großansicht
Ffestiniog Power Station was the UK’s first major pumped storage facility.
Zur Großansicht
Casa de força da usina reversível Ffestiniog.

Heidenheim. O grupo de tecnologia Voith assinou um contrato para a modernização da central Ffestiniog, que integra a usina hidrelétrica reversível de 2 GW "First Hydro", localizada em Snowdonia, no norte do País de Gales. O contrato abrange a fabricação, instalação e comissionamento de duas unidades geradoras, e inclui uma opção para a futura reforma de outros dois conjuntos geradores. O valor do contrato é de cerca de € 40 milhões. A operadora da usina é a ENGIE, um dos principais grupos fornecedores de energia e serviços do Reino Unido.

"A reforma da usina hidrelétrica reversível Ffestiniog estabelece um importante compromisso com o desenvolvimento da infraestrutura do País de Gales. Estamos muito felizes em poder anunciar este investimento em Ffestiniog, além da nossa parceria com a Voith como fornecedora deste importante projeto. O contrato foi vencido pela Voith graças à sua solução tecnicamente completa e com preços competitivos", afirma Wilfrid Petrie, CEO da ENGIE no Reino Unido e na Irlanda.
A proposta da Voith para o projeto baseia-se em uma solução técnica que proporciona maior flexibilidade às unidades, além da ampliação da faixa operacional da usina. Isso garantirá um menor tempo de reação da usina Ffestiniog às demandas da rede, graças a uma faixa operacional mais ampla.

O projeto, o planejamento e a fabricação dos componentes terá início imediatamente, e o trabalho no campo se iniciará apenas no final de 2018. A conclusão da reforma está prevista para o início de 2020. A reforma anunciada para as duas primeiras unidades é uma reforma de meia vida dos equipamento, e visa a garantir o prolongamento da vida útil do projeto por pelo menos mais 20 anos de operação.

A usina hidrelétrica foi comissionada em 1963, e foi a primeira usina reversível de grande porte do Reino Unido. As quatro unidades geradoras da usina Ffestiniog têm uma potência combinada de 360 MW – o suficiente para atender a todo o consumo energético do norte do País de Gales por algumas horas.

As usinas hidrelétricas reversíveis são um importante recurso para viabilizar a expansão planejada de geração elétrica por fontes renováveis de energia. Esse é o único tipo de usina capaz de absorver os picos de geração de fontes renováveis intermitentes – como a eólica e a solar – de maneira tanto econômica como em grande escala, além de permitir injetar essa energia de volta à rede em questão de segundos, conforme necessário. Graças a essas capacidades, as usinas hidrelétricas reversíveis contribuem para a segurança energética e para a estabilidade da rede – uma contribuição que vem se tornando cada vez mais necessária à medida que a proporção das fontes voláteis do vento e do sol aumenta nas redes elétricas.

Sobre a empresa
Há 150 anos que as tecnologias da Voith vêm inspirando clientes, parceiros de negócios e colaboradores no mundo inteiro. Fundada em 1867, a Voith atualmente tem cerca de 19.000 colaboradores, gera € 4,3 bilhões em vendas e opera filiais em mais de 60 países no mundo inteiro, o que a coloca entre as maiores empresas familiares da Europa. Como líder tecnológica, a Voith estabelece padrões nos mercados de energia, petróleo & gás, papel, matérias-primas e transporte & automotivo.

Press-release (1.78 MB)

Contato

Kathrin Röck

Voith GmbH & Co. KGaA Gerente de Comunicação Global de Mercado

+49 7321 37-6866