Press-releases

26-03-2018

Aumento da hidrogeração no Paquistão: primeira unidade da usina hidrelétrica Tarbela IV é conectada à rede

  • Voith fornece equipamentos eletromecânicos completos para projeto de expansão da usina hidrelétrica
  • Solução de gerenciamento de ativos OnCare AM, da Voith, é instalada pela primeira vez em uma usina hidrelétrica
  • Expansão do parque hidrelétrico aumenta a independência da importação de combustíveis pelo Paquistão

Zur Großansicht
Primeiro-ministro paquistanês, Shahid Khaqan Abbasi (à esquerda), agradece Stephen Lewis (à direita), presidente da Voith Hydro China, pela bem-sucedida execução do projeto. No meio da foto: Tenente-General (Rd) Muzzammil Hussain, Presidente da Autoridade para o Desenvolvimento de Águas e Energia (WAPDA) do Paquistão.

Islamabad. Na presença de inúmeros convidados das esferas da política, da indústria e da sociedade, Shahid Khaqan Abbasi, o primeiro ministro de Paquistão, inaugurou a primeira de três novas unidades geradoras da usina hidrelétrica Tarbela em 10 de março de 2018. A Voith foi uma parceira fundamental para o projeto, ao fornecer, instalar e comissionar todos os equipamentos eletromecânicos da usina, avaliados em cerca de 200 milhões de euros. O cliente do projeto, que contou com financiamento do Banco Mundial, é a Autoridade para o Desenvolvimento de Águas e Energia (WAPDA) do Paquistão. O projeto representa mais um importante marco para a Voith no mercado hidrelétrico asiático.

Aumento de cerca de 40% na geração graças à tecnologia Voith
A quarta expansão de Tarbela aumentou a potência da usina, localizada no norte do Paquistão, para um total de 4.888 megawatts, o que representou um aumento de cerca de 40% em sua capacidade. Para este projeto de expansão da usina inaugurada em 1974, a Voith forneceu três geradores, três turbinas Francis de 470 megawatts de potência cada uma, os sistemas de automação, as linhas de transmissão aéreas de 500 quilovolts, além de todos os outros equipamentos eletromecânicos da central. A previsão é que as três unidades geradores estejam despachando energia à rede paquistanesa até o final de maio de 2018.

Maiores válvulas de entrada do mundo 
Um destaque do escopo de fornecimento da Voith foi o projeto, fabricação, entrega e instalação de três válvulas de entrada. Instaladas entre o conduto forçado e as turbinas, essas válvulas têm a finalidade de bloquear o fluxo de água em casos de emergência ou de manutenção das unidades. Com um diâmetro de 7,5 metros e um peso total de cerca de 750 toneladas cada, elas são consideradas as maiores válvulas borboleta de entrada com vedação dupla do mundo. Os especialistas do centro de pesquisa e desenvolvimento da Voith Hydro da Alemanha e da China desenvolveram a válvula em parceria com base nas referências mundiais da empresa. As válvulas foram totalmente fabricadas pela Voith Hydro Xangai, na China.

Presença mundial da Voith se paga 
As unidades da Voith em Heidenheim, na Alemanha, e em Xangai, na China, trabalharam em estreita colaboração ao longo de toda a duração deste complexo projeto de grande porte. A Voith Hydro Xangai não só fabricou as turbinas Francis, os geradores e as válvulas de entrada, mas também se responsabilizou pelo fornecimento das linhas de transmissão aéreas de 500 quilovolts e dos auxiliares mecânicos; já a Voith Hydro na Alemanha forneceu todos os demais equipamentos elétricos e sistemas de automação da usina.

“Devido ao porte e complexidade deste importante projeto no Paquistão, precisamos estabelecer uma cooperação próxima e comunicação constante entre todas as partes envolvidas. Isso incluiu não só o cliente final, a WAPDA, mas o consultor de engenharia do cliente e outros subcontratados chineses na obra”, explica Uwe Wehnhardt, CEO e membro do Conselho de Administração Corporativo da Voith Hydro. “Nosso desenvolvimento global, nosso know-how em fabricação e nossa profunda experiência em trabalhar em estreita colaboração com empresas chinesas em contratos EPC definitivamente se pagou.”

Zur Großansicht
Usina hidrelétrica Tarbela, no Paquistão.

Estreia da solução de gestão de ativos OnCare AM em usinas hidrelétricas
A integração do OnCare AM da Voith na usina Tarbela IV representa a primeira instalação da solução em uma usina hidrelétrica em todo o mundo. Originalmente desenvolvido para máquinas de papel, o sistema realiza o planejamento de todos os processos de manutenção da usina. O sistema compara os principais valores operacionais da planta com os dados armazenados em sua memória e reage em caso de qualquer discrepância. Isso permite ao cliente identificar possíveis otimizações e planejar ações de manutenção preventiva, o que se traduz em uma considerável redução das paradas não planejadas e no aumente da disponibilidade da planta. Graças à utilização do sistema OnCare AM, além de pioneira, Tarbela IV passará a ser vista como referência de usina hidrelétrica inteligente para outras usinas em todo o mundo.

Sobre a usina hidrelétrica Tarbela
A barragem de retenção de Tarbela é uma das maiores barragens de terra do mundo. Localizada a cerca de 100 quilômetros ao noroeste de Islamabad, a represa retém o fluxo do rio Indus, formando um reservatório de cerca de 250 quilômetros quadrados. Assim, a barragem desempenha três importantes papeis na economia paquistanesa: armazenamento água de irrigação, redução de inundações e geração de energia. Aproximadamente 16% da demanda elétrica paquistanesa é suprida por essa usina. O aumento da geração proporcionado pelo projeto ajudará a tornar o país menos dependente das importações de combustíveis e a atender à sua crescente demanda energética. Esse crescimento tem conduzido a frequentes quedas de energia e apagões, o que ilustra a urgência do aumento do abastecimento energético do país.

O potencial hidrelétrico do Paquistão é estimado em cerca de 40.000 megawatts. Desse total, no entanto, o país só utiliza cerca de 7.300 megawatts até o momento. Até 2025, o governo do Paquistão planeja adicionar outros 20.000 megawatts ao seu parque hidrelétrico, aumentando assim a participação dessa fonte no mix energético nacional de 34% para 70%.

A importância da energia hidrelétrica
As energias renováveis são, sem dúvida, a resposta mais sustentável à crescente demanda global por energia. A hidreletricidade desempenha um papel fundamental na geração de energia sustentável e ecológica a partir de energias renováveis, e é a principal fonte para a geração de eletricidade renovável do mundo.
No mundo inteiro, sua contribuição é indispensável para o fornecimento estável de energia e, consequentemente, para o desenvolvimento socioeconômico – tanto em países industrializados como em regiões em rápido crescimento. Desde o começo da utilização da energia hidrelétrica, a Voith é uma fornecedora líder dessa tecnologia, e a vem refinando e aprimorando continuamente.

Sobre a empresa
A Voith é um grupo de tecnologia com atuação global. Com seu amplo portfólio de unidades fabris, produtos, serviços e aplicações digitais, a Voith estabelece padrões nos mercados de energia, petróleo e gás, papel, matérias-primas, e transporte e automotivo. Fundada em 1867, a Voith atualmente tem mais de 19.000 colaboradores e vendas de € 4,2 bilhões. Com unidades operacionais em mais de 60 países, é uma das maiores empresas familiares da Europa.

Press-release (2.47 MB)

Contato

Valéria Allegrini

Voith GmbH & Co. KGaA

+55 (11) 3092-3910 / 99155-3329